Contato - email
Dúvidas frequentes

 

Coleta de Sangue e Urina

Água ‘quebra’ o jejum?
Não. A ingestão de água suficiente para satisfazer a hidratação normal não significa que o jejum tenha sido quebrado. Convém lembrar que em excesso pode interferir nos exames de urina.

Posso fazer atividade física antes de realizar exames de sangue?
Não recomendamos atividades física antes da realização de exames de sangue, uma vez que muitos sofrem interferência – caso da glicose, leucócitos, CPK, proclatina, etc.

Os exames de sangue só podem ser coletados pela manhã?
A maioria dos exames de sangue só podem ser coletados a qualquer hora; contudo, alguns como o ferro e o cortisol, apresentam um ritmo circardiano, ou seja, valores diferentes pela manhã e à tarde.

É permitido fumar antes de fazer algum exame?
Não é recomendado fumar antes dos exames, já que o fumo pode interferir na determinação de alguns exames como acontece coma glicose e a agregação plaquetária.

Posso ingerir bebida alcoólica na véspera do exame de sangue?
O consumo de bebida alcoólica não é recomendado na véspera dos exames de sangue, devendo ser evitado, em especial, antes da coleta de sangue para a determinação dos triglicerídeos. Neste caso, recomendamos a abstenção de bebida alcoólica pelo menos 72 horas antes da coleta.

 

Cultura e Antibiograma


Quando o resultado de uma cultura é negativo, isto quer dizer que não existe infecção?
Não. Existe diferentes motivos para uma cultura apresentar resultados negativo e mesmo assim a pessoa pode apresentar uma infecção. Alguns dos principais são: uso de antibiótico e dificuldades com a coleta do material.

Quando o resultado de uma cultura for positivo, isto obrigatoriamente significa infecção e necessidade de tratamento?
Não. Basta dizer que por exemplo, se for feita uma cultura de saliva ou da palma da mão, muitas bactérias poderão ser isoladas e nem por isso a pessoa necessita de tratamento. A este fato damos o nome de colonização, ou seja, a bactéria está habilitando naquele local, mas sem fazer mal ao ser humano. O diagnostico de infecção deve ser feito pelo seu médico baseado em diversos dados, como a história da doença, o aspecto da ferida, febre, etc.

Porque o resultado de cultura não fica pronto no mesmo dia dos outros exames?
As bactérias precisam de um tempo para crescer o suficiente para que possamos identificá-las. Por isso aplica-se o termo ‘cultura’, pois precisamos fazer o cultivo do material coletado e aguardar o crescimento de alguma bactéria. Este tempo é muito variado, dependendo do tipo de bactéria pesquisada e do local onde foi feita a coleta.

O que é o antibiograma?
É um teste que verifica a sensibilidade das bactérias aos antimicrobianos visando auxiliar o médico em seu tratamento. O antibiograma só pode ser realizado quando a cultura tiver resultado positivo e será executado de acordo com as recomendações internacionais.

Em caso de Infecção com resultado de cultura positivo, basta escolher um dos antibióticos doa antibióticos do antibiograma e a cura está garantida?
Não. Os fatores que definem a melhora de uma infecção não são somente a identificação da bactéria e a escolha de um antibiótico. Depende de vários outros fatores: se o paciente tem outras doenças, a idade, o tipo e o local da infecção, a possibilidade da bactéria ficar resistente, etc. o tratamento deve ser sempre orientando pelo seu médico.

Se o paciente estiver tomando algum antibiótico, isto poderá afetar o resultado da cultura?
Sim. Isto afeta o resultado de qualquer tipo de cultura de bactérias. Este fato deve ser conhecido pelo seu médico e comunicado à recepcionista do laboratório ao realizar o exame.

 

Fezes

O resultado de um exame parasitológico de fezes pode ser negativo mesmo eu tenho os sintomas de alguma verminose?
Nem sempre o parasito, seja protozoário (ameba, giárdia, etc.) ou helminto (ascaris, tênia, etc.) libera cistos, ovos e larvas não é sistemática, sendo dependente deste ciclo e de forma intermitente.

Quanto tempo após a coleta das fezes eu posso entregar a amostra para o exame parasitológico?
Estando coberta pelo liquido conservante (SAF), a amostra pode ser entregue em até 10 dias. Não é necessário manter o frasco sob refrigeração.

Meu intestino não funciona diariamente, posso usar laxantes para colher a amostra?
Não é recomendado o uso de laxantes para realização do exame parasitológico de fezes.

Fiz um exame de Raio-X com contraste por via oral. Posso colher as fezes para o exame parasitológico em seguida?
Deve-se aguardar 3 (três) dias após a ingestão do contraste para realizar a coleta das fezes.

O líquido contido no frasco derramou, posso coletar as fezes assim mesmo?
O líquido conservante mantém as formas císticas e ovos dos parasitos, portanto, se houver perda, deve-se utilizar novo frasco contando o volume correto líquido.

Posso colher as fezes estando menstruada?
Sim, no entanto deve-se tomar todo o cuidado necessário para que o sangue não se misture com as fezes. Se a coleta for efetuada com atenção a menstruação não impedirá que o resultado do exame parasitológico de fezes seja confiável. Se o exame  for pesquisa de sangue oculto nas fezes, a amostra não deverá ser colhida durante o período menstrual.

Há algum problema se as fezes forem contaminadas com urina durante a coleta?
Sim. É muito importante evitar o contato das fezes com a urina pois a sua presença acelera a fermentação bacteriana, prejudicando a conservação da amostra.

Como é o procedimento para a coleta de fezes?
São necessárias fezes frescas coletadas no frasco plástico. No caso de fezes sólidas ou pastosas, a quantidade deverá corresponder a 5 colheres plásticas fornecidas com o frasco da coleta. Se as fezes estiverem liquefeitas, pelo menos 10ml deverão ser fornecidos ao laboratório para análise. As fezes deverão ser coletadas originalmente num recipiente limpo e a seguir transferidas para o frasco coletor com o líquido conservante.

Porque são necessárias 3 (três) coletas de amostras para o exame com conservante?
Um número maior de amostras aumenta a possibilidade de se encontrar o parasito ou seus cistos, ovos ou larvas. Mas, é importante que se colete uma pequena amostra a cada dia e que as três amostras não ultrapassem o líquido.

Meu intestino não funciona diariamente, como faço para coletar as amostras para o exame com conservante?
Não há necessidade das amostras serem coletadas em dias consecutivos, podendo ser em dias alternados ou de acordo com o ritmo intestinal.

Porque fazer dieta para exame de sangue oculto?
Porque, dependendo da metodologia usada, algumas substâncias contidas em alguns alimentos, suplementos ou medicamentos podem apresentar componentes químicos parecidos com o sangue, e assim, resultar em reação ‘cruzada’, levando a um resultado falso positivo. A pesquisa de sangue oculto, independentemente do métodos utilizado, não deve ser realizada em pacientes com sangramento menstrual, hemorróidas ou sangramento gengival.

Então o que eu posso comer para realizar a pesquisa de sangue oculto?
Todos os alimentos contidos na seguinte lista devem ser evitados nos três dias  que antecedem a coleta do material:
Carne vermelha  (carne de vaca ou porco) ou derivados como caldos , extratos e molhos. Vegetais e frutas: nabo, rabanete, brócolis, couve-flor, cogumelo, alcachofra, maçã, laranja, banana, beterraba, uvas, acerola e limão. Feijões. Gema de ovo. Bebidas alcoólicas. Medicamentos a base de ferro, vitaminas, drogas, anti-inflamatórias e aspirina devem sempre ser consultado antes da suspensão de qualquer medicamento.

Existe algum outro exame para a pesquisa de sangue oculto que não precise de dieta?
Atualmente surgiu uma metodologia que utiliza anticorpos monoclonais para a detecção de hemoglobina humana (proteína da hemácia). Este método chama-se imunocromatografia e além de não requerer a dieta é mais sensível e mais específico do que a pesquisa tradicional que requer dieta.

Para o exame de rota vírus, como devo proceder para coletar a amostra de fezes?
Qualquer amostra de fezes de qualquer evacuação pode ser colhida em recipiente limpo e seco. O frasco deve ser análise para a pesquisa deste vírus é de seis horas. Se não puder ser entregue imediatamente congelar as fezes e transportar em recipiente térmico com gelo.

 

Jejum
É necessário estar em jejum para realizar qualquer exame?
Não. A maior parte dos exames não necessita de jejum prévio. No entanto, alguns

Como fica o jejum quando o médico solicita exames que precisam de jejum junto com outros que não precisam?
Esta é uma situação que ocorre com uma certa freqüência e, nesse caso, o jejum deve ser feito conforme a necessidade do exame mais tempo de jejum. Veja as orientações necessárias para casa exame em nossa recepção.

A ingestão de água ‘quebra’ o jejum?
Não. A ingestão de água suficiente para satisfazer a hidratação normal não significa que o jejum tenha sido quebrado. Convém lembrar que em excesso pode interferir nos exames de urina.

Pode-se tomar café puro durante o jejum?
Não. Diferentemente da água, a ingestão do café pode causar interferência nos resultados de exames. Por isso, deve-se evitar seu consumo, seja puro, com açúcar ou adoçante.

 

Antígeno Prostático Específico (PSA)


O que é PSA?
O PSA consiste na abreviação de antígeno protático específico do inglês ‘Prostatic Specific Antigen’. Trata-se de uma glicoproteína produzida pelas células da glândula prostática.

Para que serve?
A principal utilidade do PSA, quando aumentado, consiste na diferenciação entre patologias benignas e malignas da próstata e monitoramento de recorrência da doença.

Quem deve realizar?
Normalmente a sua determinação no sangue é indicada a partir dos 40 anos, porém à critério do médico assistente, sua dosagem poderá estar indicada mais precocemente.

Para que serve a relação entre PSA Livre e PSA Total?
Condições benignas tendem a aumentar mais a forma livre (forma não ligada às proteínas) do PSA enquanto que neoplasias (câncer) tendem a aumentar mais a forma ligada às proteínas. Daí quanto maior a relação PSA Livre/ PSA Total, maior a chance de benignidade.

Um aumento do PSA significa câncer de próstata?
Não necessariamente. O PSA pode estar elevado em várias outras situações clínicas tais como: Hiperplasia prostática, infarto prostático, prostatites (inflamações e infecções da próstata) etc. Desta forma um aumento do PSA deve ser analisado com muito critério, levando se em consideração o histórico e o exame físico do paciente.

Quais outras situações podem influenciar na determinação do PSA?
Manipulação cirúrgica da próstata, toque retal, ultra-sonografia trans-retal, retenção aguda de urina, biópsia de próstata, cateterismo vesical etc.

Há algum preparo para o exame?
Sim, a relação sexual deve ser evitada 24 horas antes da determinação do PSA, o toque retal, assim como o cateterismo vesical devem ser evitados 48 horas antes e a ultra-sonografia trans-retal deve ser evitada nos 7 dias que precedem o exame. A critério do médico assistente  o PSA poderá, entretanto, ser dosado à despeito destes procedimentos.

 

Posso andar de bicicleta ou andar a cavalo antes do exame?

Apesar de popularmente a idéia de que tais atividades interfiram na determinação do PSA, não existe comprovação na literatura de que isso realmente aconteça. Por esse motivo só desaconselhamos andar de bicicleta ou praticar equitação no dia do exame.

Unidade I - Rua Padre Toledo, s/nº, Bairro São Sebastião, Barbacena, MG - Telefones: (32) 3332-1165 / (32)3339-2436 - Mapa

Unidade II - Avenida Bias Fortes, 614, Centro, Barbacena, MG - Telefone: (32) 3051-1146

Web Master Bárbara Elisabeth - ©copyright2010